Chiquinho é elogiado por Nei Pandolfo

Postado em 11 de Fevereiro de 2020

 Camila Sousa /Especial para o Diario

Anunciado na última segunda-feira como o mais novo reforço do Santa Cruz para o seguimento da temporada 2020, o lateral esquerdo Chiquinho foi bastante elogiado pelo executivo de futebol coral, Nei Pandolfo. Tendo a versatilidade como seu ponto forte, o jogador de 30 anos também atuou no meio de campo e no ataque, na carreira. E foram sobre essas caraterísticas que o dirigente tricolor rasgou elogios, em entrevista coletiva no Arruda.  

Antes de ser anunciado oficialmente pelas redes sociais tricolores, Chiquinho já apresentou-se no Arruda na tarde da última segunda-feira para realizar exames médicos e assinar contrato.    

“É um atleta que joga pelo lado esquerdo, já fez como lateral em algumas equipes e que também joga na  segunda linha, mais como atacante. Também jogou como segundo volante. Ele pode fazer uma substituição com o Fabiano quando necessário, ou dar apoio mais à frente. Tem uma bola parada muito boa, já com experiência, mas com muito potencial físico e técnico”, elogiou o dirigente do Santa Cruz. 

Monitorado há algum tempo pela Cobra Coral, o jogador de 30 anos é uma opção, de início, para a lateral esquerda, cuja posição apenas conta com Fabiano. E que, quando o clube pernambucano não pode contar com ele, o técnico Itamar Schülle optava por improvisar o zagueiro Feliphe Gabriel em seu lugar.   

Antes de chegar no Santa Cruz, o último clube de Chiquinho foi o Vitória, onde disputou 19 partidas e fez um gol em 2019. Também no mesmo ano, o meia foi para o futebol chinês, mas jogou pouco. No Meizhou Hakka, fez apenas três jogos. Chiquinho também passou por São Caetano, Coritiba, Flamengo, Santos, Fluminense, Ponte Preta e Corinthians. 
© 2020 Palmares Fest. Todos os direitos reservados