Após eliminação contra Salgueiro, presidente do Central vira a página: "Vamos sair da Série D"

Postado em 21 de Março de 2019

 Filipe Assis /Diario de Pernambuco

 

Após a eliminação no Campeonato Pernambucano, o presidente do Central, Clóvis Lucena, evitou o clima de terra arrasada. Apesar de ter lamentado a derrota de virada por 2 a 1 para o Salgueiro no Cornélio de Barros, o dirigente prometeu, nesta quinta-feira, em entrevista ao Superesportes, investir na equipe para o Campeonato Brasileiro. "Vamos sair da Série D", profetizou.

"Não é fácil para um time do interior ser campeão (pernambucano). A gente começou a fazer um investimento à nossa altura, mas infelizmente deu errado. Temos que partir para a frente. É claro que eu queria ganhar o Pernambucano, mas vamos mostrar que, para o Central, o mais importante é sair da Série D. E nós vamos sair", declarou Clóvis Lucena, que apesar do discurso a favor dos times do interior, descartou uma torcida para o Salgueiro, único time do interior confirmado na semifinal até o momento. "Vou lavar as mãos. Não vou torcer por A ou B. Vou cuidar do meu."

A preocupação do presidente do Central, atual vice-campeão pernambucano, em evitar um desgaste após a saída do Estadual é explicada pelo simbolismo do ano de 2019 para o clube, que no dia 15 de junho completa 100 anos. O dirigente, inclusive, prometeu uma grande festa em Caruaru para marcar o centenário. Segundo ele, o Alvinegro deve disputar um amistoso contra um time do Sul ou do Sudeste. "Temos três ou quatro opções. Estamos analisando, mas por enquanto não posso citar nomes", disse.

Série D
 
A julgar pelo histórico do Central na Série D, a missão do presidente não será fácil. Em oito participações na Quarta Divisão nacional (2009, 2010, 2013, 2014, 2015, 2016, 2017 e 2018), a Patativa nunca conseguiu o acesso. É a equipe que mais vezes disputou a competição. No ano passado, a decepção foi maior porque o Alvinegro tinha acabado de ser vice-campeão do Pernambucano, perdendo a final para o Náutico. Em seis jogos na Série D, a equipe perdeu dois, empatou três e só ganhou um. Acabou na terceira colocação do grupo, atrás de Sergipe e Jacuipense, ficando à frente apenas do ASA.
 
Este ano, a Patativa está no grupo A5, junto com Altos, Atlético-CE e Maranhão. Estreia no dia 5 de maio, contra o Atlético-CE, fora de casa. O primeiro jogo no Luiz Lacerda será no dia 12 de maio, contra o Maranhão.
© 2019 Palmares Fest. Todos os direitos reservados