Governo italiano agradece Temer por assinar extradição de Battisti Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Quis, neque soluta

Postado em 16 de Dezembro de 2018

da Agência Brasil  undefined

O governo da Itália enviou carta ao presidente Michel Temer agradecendo-o pela decisão de mandar extraditar o italiano Cesare Battisti. Temer assinou, a extradição de Battisti, condenado à prisão perpétua em seu país por quatro homicídios cometidos nos anos 1970, quando integrava o grupo Proletariados Armados pelo Comunismo.

“Senhor presidente, quero expressar meu mais sincero agradecimento pela decisão de Vossa Excelência sobre o caso do cidadão italiano Cesare Battisti, definitivamente condenado pela Justiça italiana por crimes gravíssimos e que até hoje se subtraiu à execução das relativas sentenças”, diz a mensagem, assinada pelo presidente italiano Sergio Mattarella.

O ativista italiano Cesare Battisti - Marcello Casal/Arquivo Agência Brasil
O ativista italiano Cesare Battisti    (Marcello Casal Jr/Arquivo Agência Brasil)

“Seu gesto constitui um testemunho significativo da amizade antiga e sólida entre o Brasil e a Itália e atesta a sensibilidade em relação a um caso complexo e delicado, que desperta sentimentos de intensa participação na opinião pública de nosso país”, acrescentou Mattarella. A carta foi reproduzida pelo governo italiano em sua conta noTwitter.

A decisão de Temer foi noticiada em vários países. O New York Times lembrou ainda que o Lula, quando era presidente da República, garantiu asilo ao italiano em 2010. O jornal francês Le Monde afirmou que Temer “assumiu a liderança” de uma providência que se não fosse tomada por ele, seria pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro.

À Agência Brasil, o advogado de Battisti, Igor Tomasauskas, afirmou que não falou com seu cliente desde a decisão do Supremo Tribunal Federal de prendê-lo. “A decisão de se entregar é dele. Até porque se entregar significa a extradição”, acrescentou Tomasauskas.

© 2019 Palmares Fest. Todos os direitos reservados