Publicada em 06/06/2018 às 21h06.
PF pede quebra do sigilo telefônico de Temer, Padilha e Moreira Franco
Investigadores querem saber se ligações indicam que o presidente e ministros receberam dinheiro da Odebrecht

Por: Correio Braziliense

 

 

Presidente Michel Temer (Foto: AFP / EVARISTO SA)  

Presidente Michel Temer

 

A Polícia Federal pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) autorização para quebrar o sigilo telefônico do presidente Michel Temer, do ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha e do ministro de Minas e Energia, Moreira Franco. A intenção dos investigadores da Lava-Jato é descobrir se eles receberam ou negociaram a distribuição de propina da Odebrecht.

A solicitação para ter acesso as ligações do trio relativas ao ano de 2014 foi encaminhada ao ministro Edson Fachin, relator da Lava-Jato no Supremo. Temer já teve o sigilo fiscal e bancário quebrado na investigação que apura se a edição de um decreto que alterou regras do setor de portos ocorreu para beneficiar empresas, em troca de propina. Mas se autorizado por Fachin, essa será a primeira vez que o sigilo telefônico de Temer será quebrado.

O caso corre em sigilo no STF, por conta das autoridades envolvidas. A PF quer saber quem eram os destinatários do dinheiro que teria sido entregue no escritório do advogado José Yunes, amigo de Temer.
TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
Artesanato
Artes de Pernambuco
artesanato
Copyright © 2018 Palmaresfest - todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Rodrigo TI
Copyright © 2018 Palmaresfest - todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Rodrigo TI