Publicada em 17/07/2017 às 07h42.
Edno Melo é aclamado como novo presidente do Náutico
Candidato único, empresário coloca volta aos Aflitos como a principal meta

Alexandre Barbosa /Diario de Pernambuco

O empresário Edno Melo foi aclamado como novo presidente do Náutico na tarde de domingo. A chapa Resgate Alvirrubro foi a única inscrita na eleição, após a desistência da candidatura do grupo de situação. Diogenes Braga será o vice. Ivan Brondi segue no Executivo do clube até o fim do ano, mas o presidente eleito já trabalha em conjunto com a atual administração - ele atua como diretor financeiro. Após o anúncio, o novo mandatário trata a reforma dos Aflitos como prioridade e a situação do time na Série B como a maior preocupação. 

Com apenas uma chapa na eleição, o movimento durante o dia foi fraco. No total, 3.621 sócios estavam aptos a votar, mas somente 366 compareceram ao clube neste domingo - o pleito foi realizado das 8h às 17h. Foram 362 votos válidos contra dois brancos e outros dois nulos. Na realidade, apenas um voto na chapa era o suficiente para confirmar o resultado. 

A situação do time na Série B é hoje uma das principais preocupações de Edno Melo. Após empate com o Santa Cruz no último sábado, o Náutico segue afundado na lanterna da competição, com apenas 7 pontos conquistados. O time precisa de uma reviravolta grande para evitar a queda para a Série C.

 

Leia as principais declarações do novo presidente do Náutico

 

Honra em ser presidente

"É um honra para qualquer pessoa que torce para um clube de futebol ser presidente da instituição. Neste momento, estou emocionado, mas preocupado em corresponder com todo carinho e toda dedicação que as pessoas estão tendo comigo e a esperança que está sendo depositado em mim para o Náutico melhor."

União no clube

"A união é fundamental e estou vendo no dia a dia que essa união de fato é verdadeira. É uma união de propósito, de ideias. Não é uma união de pessoas. O principal motivo do Náutico estar começando a mudar as coisas é essa união."

Volta aos Aflitos

"É uma das principais metas. Primeiro, a gente precisa voltar para os Aflitos. A gente está perdendo identidade com o torcedor, está perdendo receita. Então, o Náutico tem que voltar para sua casa de todo jeito o ano que vem."

Equipe de transição

"A gente vai montar uma equipe de transição. São cinco pessoas. Eu e Diógenes (braga, vice-presidente) estamos inseridos nesse processo e vamos percorrer todos os departamentos do clube."

Situação do futebol

"Uma das principais preocupações é a situação que o time está. Pegar o Náutico em uma Série B seria muito difícil. Eu acredito que o Náutico não vá cair. O tim está começando a corresponder. Nesses últimos dois jogos, empatou com um líder e no clássico. Resultados totalmente normais. Se a gente estivesse um pouco acima da tabela, não teria tanto impacto."

TODOS OS COMENTÁRIOS (0)



Login pelo facebook
Postar
 
cidade
Palmares
Video promocional
Copyright © 2017 Palmaresfest - todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Rodrigo TI
Copyright © 2017 Palmaresfest - todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Rodrigo TI